• Afrwns

Covid-19 pode reduzir as remessas para a África em US $ 18 bilhões

Covid-19 deve bloquear seriamente as remessas para a África, causando uma deficiência de US $ 18 bilhões, de acordo com a Comissão Econômica da ONU para a África (UNECA).

Western Union África

O número foi divulgado na semana passada em um relatório publicado pela organização e intitulado Preservando remessas durante a Covid-19.


No documento, o órgão da ONU destaca o forte impacto que a pandemia tem nas remessas, devido às dificuldades vividas pelos migrantes nos países anfitriões mais afetados pelo vírus e pela recessão que ele induziu. “ Covid-19 bloqueou severamente as transferências de fundos para a África e elas devem cair 21% em 2020”, disse Stephen Karingi, chefe da divisão de comércio e integração regional da UNECA. 

Agência da Western Union

Vamos lembrar que as remessas são uma grande ajuda para os africanos em casa e sua redução pode afetar gravemente aqueles que precisam delas. Nos últimos anos, cresceram tanto que superaram os investimentos estrangeiros diretos (IED) e a ajuda ao desenvolvimento que o continente recebeu. 


Em relação ao Togo, em 2018 as remessas de sua diáspora foram estimadas em US $ 500 milhões ou cerca de 8,5% do PIB, de acordo com o Banco Mundial. 


Confira o video:


Fonte: Togo First

 
Caneca Oficial

Caneca Oficial

R$ 44,90Preço
Camiseta Oficial

Camiseta Oficial

R$ 39,90Preço
Caneca Personalizada

Caneca Personalizada

R$ 49,90Preço
Camiseta Personalizada

Camiseta Personalizada

R$ 41,90Preço
Caneca Africa Leão

Caneca Africa Leão

R$ 44,90Preço
Camiseta Oficial África

Camiseta Oficial África

R$ 39,90Preço